DRENAGEM LINFÁTICA

QUAL A FUNÇÃO DA DRENAGEM LINFÁTICA?

Muitas vezes, por maior que seja o esforço, aquela gordura localizada teima em não ir embora e a retenção de líquidos faz com que o corpo pareça mais pesado do que realmente é. É neste contexto que entra em cena a drenagem linfática, é para auxiliar neste processo que existem os tratamentos estéticos como a drenagem linfática. A principal função da drenagem linfática é fazer a desintoxicação do sistema linfático.

SOBRE A TÉCNICA

A técnica consiste em massagear o corpo, manual ou mecanicamente, atuando no local certo e imprimindo o ritmo exato. Estas massagens rítmicas ativam a circulação sanguínea, eliminando as toxinas e nutrindo os tecidos. Uma drenagem linfática bem feita proporciona diversos efeitos positivos para a saúde e beleza como redução da retenção de líquidos, melhora da circulação sanguínea, melhora da celulite, melhora na aparência da pele, relaxamento corporal, eliminação de toxinas e melhora do sistema imunológico.

DRENAGEM LINFÁTICA X MASSAGEM MODELADORA

Saiba que a drenagem linfática e a massagem modeladora não são a mesma coisa, ao contrário do que muita gente imagina. Elas podem servir para alcançar objetivos diferentes, sendo indicadas para casos distintos, sem contar que a técnica utilizada em cada uma não é a mesma. A drenagem linfática consiste em uma massagem com movimentos suaves, mantidas num ritmo lento, para evitar o rompimento dos vasos linfáticos e tem como objetivo estimular e facilitar a passagem da linfa pelo sistema circulatório. A linfa é um líquido que circula no corpo limpando o sangue de impurezas, desempenhando o seu papel imunitário juntamente com os anticorpos do sangue mas que pode estar presente entre as células, causando inchaço e dor, em alguns casos. A drenagem linfática tem a função de eliminar as toxinas acumuladas entre as células, o que dificulta a oxidação do tecido. Os líquidos retidos que causam a celulite e o inchaço são direcionados para a corrente sanguínea. Depois disso são filtrados pelos rins e as toxinas são liberadas naturalmente na urina. Por isso é bastante comum que a pessoa sinta vontade de urinar logo após ou no final da sessão. A drenagem linfática pode ser feita no corpo todo, inclusive no rosto.

INDICAÇÕES

A maior indicação da técnica é para auxiliar no tratamento da celulite, reduzir o inchaço e estimular a circulação sanguínea. A massagem melhora significativamente circulação, provoca relaxamento e aumenta o metabolismo na região tratada, ajudando também no combate a gordura localizada. A drenagem ajuda o corpo a eliminar líquidos e se livrar do inchaço. Esta técnica é utilizada para diminuir a retenção de líquido e os incômodos trazidos por ela: inchaço, desconforto, abdômen saliente. Também é indicada para a recuperação de mulheres que passaram por intervenções cirúrgicas, como abdominoplastia, lipoaspiração ou que foram mães recentemente. Uma última vantagem da drenagem linfática é que ela pode ser muito útil para mulheres que sofrem com os efeitos da TPM como o inchaço e ajudando a relaxar e controlar a irritação e a ansiedade por causa dos movimentos da massagem. Cada sessão dura em média uma hora e o ideal é que sejam realizadas sessões com uma certa regularidade para obter resultados ainda mais satisfatórios. O profissional que realiza a massagem pode utilizar algum tipo de óleo ou hidratante corporal para facilitar os movimentos. Isso é indicado principalmente em pacientes em pós operatório, que geralmente ainda possuem uma sensibilidade maior na área. Ao término da sessão, a sensação de leveza e bem-estar vem logo em seguida. É importante ressaltar que a drenagem bem feita não deixa o corpo roxo ou dolorido. Note que se a massagem for feita com muita força, pode lesar os vasos linfáticos, causando dor e gerando hematomas, por isso a importância de sempre trabalhar com profissionais capacitados. Para alcançar um resultado satisfatório, é importante que sejam realizadas pelos menos 10 sessões divididas em duas por semana. Saiba ainda que a drenagem pode ser utilizada conjuntamente com outras técnicas assim potencializando o seu resultado. Beber muita água e manter uma dieta balanceada rica em frutas, verduras e legumes ajuda o corpo a eliminar as toxinas e garante o sucesso do procedimento. A técnica não é indicada para pessoas com infecções, que possuam doenças cardiovasculares, trombose ou hipertensos. No entanto as grávidas tem muito com o que se beneficiar, já que a retenção de líquido é muito alta durante a gravidez e a drenagem pode aliviar o incômodo do inchaço. É bom ressaltar que no geral a drenagem linfática não é um tratamento que visa o emagrecimento. O que pode acontecer é a perda de medidas com a redução do inchaço ocasionado pela retenção de líquidos.

Agência Digital em Florianópolis