ELETROCAUTÉRIO

SOBRE O ELETROCAUTÉRIO

O Eletrocautério é um aparelho é um equipamento que promove a remoção superficial de endógenos melânicos (manchas na pele) através de descarga de energia elétrica baixa e controlada. Além disso, realiza a bioestimulação através da fototerapia a LED. Esse procedimento migrou da área médica para a estética.

FUNÇÕES DO APARELHO DE ELETROCAUTÉRIO

Os aparelhos profissionais promovem despigmentação de sobrancelhas, clareamento de manchas como melanoses, efélides e manchas senis e atuam na aplicação de rugas também. Promovem tratamentos para estrias e cicatrizes de acne, e o peeling de Eletrocautério a um dos mais seguros e eficazes peelings. Aumenta da microcirculação local, e promove a retirada de manchas superficiais, cicatriz e queloide, além de remover micropigmentação. No Eletrocautério a corrente elétrica é disparada diretamente na superfície gerando uma queimadura superficial controlada, dependendo da intensidade da corrente teremos uma indução inflamatória até a destruição das alterações cutâneas. A retração de pele causada pelo eletrocautério pode ser utilizada no tratamento de lesões nas pálpebras inferiores através da eletrocoagulação e posterior retração da pele peri lesional.

BENEFÍCIOS DO ELETROCAUTÉRIO

O resultado, é a diminuição importante da flacidez cutânea e das rítides na região, decorrentes provavelmente da retração da pele ocasionada pelo trauma tecidual. Assim como sua tecnologia pode ser despigmentante, inclusive para a remoção de micropigmentação. Além disso, proporciona a pigmentação em casos de leucodermias (manchas brancas da pele decorrente do excesso de exposição solar) e faz curetagem. E também é usado em peelings: o aparelho é liberado pela Anvisa e faz uma leve cauterização na camada córnea da pele, em aplicação única, sem o desconforto da descamação.

BLEFAROPLASTIA COM ELETROCAUTÉRIO

O método da Blefaroplastia com Eletrocautério tem muitas vantagens em relação à cirurgia. Isso o torna um método de tratamento cada vez mais popular. Não há cortes na pele, o que significa que não há necessidade de pontos. E a maioria das pessoas pode voltar ao trabalho no mesmo dia. É muito mais rápido do que a cirurgia, pois não é necessário um anestésico injetável. O aparelho causa micro lesões na pele, provocando um leve processo inflamatório e pequenas queimaduras. Esse processo inflamatório pode resultar em um escurecimento da região, que deve ser tratado com despigmentantes. É observado esse aparecimento de manchas mais em pessoas morenas.

APLICAÇÃO

A aplicação é feito com ponteira, e realizado em pontuações orientadas em semicírculos, o equipamento tem corrente alternada de baixa tensão e alta intensidade, tudo para produzir uma lesão mediada e controlada na superfície da pele. Desta forma, dispara jatos de energia elétrica em um campo magnético seco, no caso, a pele, e não necessita de meios condutores.O uso de anestesia tópica para a cauterização dos tecidos se faz necessária.Após o tratamento a paciente pode aplicar em casa ativos cosméticos regeneradores que irão auxiliar na cicatrização.O tempo de total cicatrização da pele deve ser aguardado em torno de 30 dias, mas já no ato da aplicação é possível observar resultados instantâneos, principalmente na aplicação para manchas.No dia do tratamento, recomenda-se que nenhuma maquiagem seja usada na área que foi trabalhada, o que tornará mais rápido a limpeza. Após o tratamento, a paciente pode sentir uma sensação de queimação, mas só deve durar algumas horas. O profissional aplicará um gel refrescante na área ou mesmo um cosmético regenerador da pele. Não se tem contra-indicações desta técnica, mas devido a essas complicações em peles morenas, não é indicado para peles com esse fototipo e também em pessoas que apresentem problemas de cicatrização. Os eletrocauterizadores também não podem ser aplicados em pessoas com problemas cardíacos ou gestantes devido a intensidade da descarga de energia.

Agência Digital em Florianópolis