LUZ INTENSA PULSADA

TRATAMENTO DE LESÕES CAUSADAS POR FOTOENVELHECIMENTO

A Luz Pulsada possibilita o tratamento de várias lesões causadas pelo fotoenvelhecimento, em diversas áreas do corpo como face, dorso das mãos, colo e pescoço. Luz Intensa Pulsada (LIP) é a tecnologia que emite feixes de luzes policromáticas e não colimada (em várias direções). Ou seja, são luzes diversas que emitem comprimentos de onda variados na pele, gerando calor local por meio desses disparos. No tecido que está sendo tratado existem componentes fotorreceptores, cromóforos, os quais convertem a energia luminosa que receberam do equipamento em calor, coagulando o tecido e ativando, também, reações químicas do organismo. Desse modo, lesiona-se somente o tecido-alvo.

EFEITOS BENÉFICOS PARA TRATAR A PELE

Vários estudos demonstram que a Luz Intensa Pulsada é capaz de promover efeitos benéficos como: rejuvenescimento da pele, por proporcionar aumento na espessura, estimular a produção e reorganizar uniformemente as fibras colágenas e elásticas (responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele). Além disso, aumenta a atividade dos fibroblastos (células da derme responsáveis pela secreção das fibras de elastina e de colágeno). Com isso, a aplicação da Luz Intensa Pulsada na pele envelhecida provoca a redução de telangiectasias (microvasos), rubor e vermelhidão. Também proporciona melhora da aparência de rugas finas e grossas, da textura e aspereza da pele, na redução do tamanho de poros e na secreção de sebo, na elasticidade, na redução da elastose e na diminuição de ceratoses actínicas e manchas. Está indicado para pessoas com fototipos I (cútis branca muito sensível), II (cútis branca pouco sensível) e II (cútis morena clara). Tonalidades mais escuras têm maiores chances de complicações, pois a melanina, em maiores quantidades, pode absorver o feixe luminoso. Os tratamentos com a Luz Intensa Pulsada são seguros e vários estudos científicos tem demonstrado que mesmo meses após as sessões de tratamento não há aumento das células de defesa CD4 e CD8 que estão relacionadas a presença de doenças e tumores cancerígenos. O tratamento é feito com um aparelho que possui uma lâmpada flash de alta energia, ou seja, emite luz e deve ser feito por um dermatologista e acontece a partir da aplicação de feixes de luz na pele, que são absorvidos pelas células e substâncias presentes na pele. Cada sessão dura em média 30 minutos, podendo variar de acordo com o objetivo da pessoa, e devem acontecer em intervalos de 4 semanas.

MELHOR ÉPOCA PARA FAZER O TRATAMENTO

A melhor época do ano para utilizar-se deste recurso com a luz pulsada é no outono e no inverno, quando as temperaturas são mais baixas e a exposição solar é menor, pois a pele bronzeada é uma contraindicação para o uso do aparelho de LIP devido ao risco aumentado de queimaduras que podem ser provocadas pelo aparelho. A LIP é menos dolorosa que o laser tradicional, e durante o tratamento pode-se sentir uma ligeira de queimação que passa em menos de 10 segundos.

APLICAÇÕES

Possuindo muitas aplicações em diversos tratamentos, podendo ser usada na: depilação, eliminando o folículo piloso dos pelos, tatuagens, destruindo os pigmentos escuros para depois serem absorvidos pelo organismo; manchas solares; pequenos vasos sanguíneos na face; melasma; rugas finas; rosácea, vermelhidão no rosto; tratamento da pele acneica; telangiectasias; rosácea; lesões pigmentares benignas e micro varizes. Além de possibilitar o tratamento de várias lesões causadas pelo fotoenvelhecimento (rejuvenescimento), aquele provocado pela exposição solar, em diversas áreas do corpo como face, dorso das mãos, colo e pescoço. Trata rugas finas, vasos faciais, dano solar crônico, alteração de textura da pele, olheiras, poiquilodermia (manchas, vasos e envelhecimento do colo e pescoço), entre outros.

VANTAGENS

A principal vantagem é uma maior gama de utilização, já que o mesmo equipamento permite o tratamento de diferentes alterações nas áreas de Dermatologia e Medicina Estética. Isto significa que numa mesma sessão, com apenas um equipamento, o paciente pode ser tratado para diferentes problemas clínicos, o que é impossível com a maioria dos equipamentos de Laser disponíveis no mercado atualmente. A Luz Intensa Pulsada (LIP) é uma fonte de energia luminosa que tem várias aplicações. Diferentemente do Laser, a LIP apresenta diversos comprimentos de onda, isto é, todo ou parte do espectro luminoso, enquanto que o Laser apresenta um comprimento de onda único. O que permite que a LIP trate diferentes problemas é justamente sua amplitude de comprimento de ondas, que atingem diferentes profundidades da pele. Geralmente, para se obter o máximo de eficácia no tratamento de manchas, sardas e vasos sanguíneos aparentes se recomendam quatro sessões em média, mas é comum observarmos os resultados desde a primeira aplicação. Para o tratamento de rugas e flacidez, é preciso estimular o colágeno, o que demanda mais tempo. Consequentemente os resultados aparecem com mais tempo e podem ser necessária até seis sessões de Luz Intensa Pulsada. O intervalo entre as sessões pode variar, mas a espera de 21 a 30 dias costuma ser suficiente. Gestantes, pessoas com vitiligo ou infecções ativas no local a ser tratado devem evitar o tratamento pois podem ocorrer hipo ou hipercromia, isto é, alterações da coloração da pele. Pessoas em uso de medicações que aumentem a fotossensibilidade, como alguns antibióticos e antiacneicos, também devem evitar o tratamento com Luz Intensa Pulsada. Não se bronzeie antes do tratamento com Luz Intensa Pulsada. Peles bronzeadas têm maiores chances de sofrer complicações, como hipo ou hipercromia. Após o tratamento com Luz Intensa deve ser feito o uso de protetor solar de acordo com a recomendação médica. Pode haver a necessidade de usar medicação corticoide caso haja inflamação.

LUZ INTENSA PULSADA COLO, MÃOS E PESCOÇO

Ao se abordar o tratamento de rejuvenescimento do colo, mãos e pescoço, a LIP pode ser usada na remoção de manchas solares, tratamento da poiquilodermia e no estímulo da produção de colágeno que são alterações muito frequentes nestas áreas. Aquelas manchas nas mãos que vão aparecendo com o tempo são decorrentes da exposição à luz solar ao longo da vida e estão intimamente relacionadas ao envelhecimento. É muito comum no consultório ouvir a seguinte queixa: “Estou ficando velha, veja como minha mão está cheia de manchas!”. Essa é uma situação angustiante para mulheres e homens por volta dos 50 anos. A poiquilodermia é uma alteração do colo e pescoço caracterizada pela alteração da cor da pele dessas regiões que apresentam-se com um tom marrom-avermelhado. Pode poupar a área de sombra do queixo sobre a parte superior do pescoço e é muito comum apresentar a forma do decote. Como fatores causais pode-se citar: predisposição genética, exposição cumulativa ao sol, processo de envelhecimento, hipersensibilidade de contato e fatores hormonais. Nestas duas situações a LIP traz ótimos resultados além de estimular a produção de colágeno. Outra característica comum, com a idade, no pescoço e colo, a pele se torna atrófica, pequenos vasos sanguíneos se dilatam e as sardas também se tornam presentes. Nos braços e mãos, ocorrem as manchas senis, púrpuras (manchas roxas) surgem espontaneamente ou devido a pequenos traumas que podem provocar lesões cicatriciais esbranquiçadas. A pele se torna áspera, inelástica e seca. As manchas senis das mãos melhoram com o tratamento com a Luz Intensa Pulsada. Também se observa uma melhora da qualidade da pele.

LUZ INTENSA PULSADA FACE

Ao longo do tempo a pele vai adquirindo ao longo da vida uma aparência mais envelhecida, influenciada por vários fatores. Os sinais da idade e os danos solares são mais visíveis na face das pessoas. A pele da face pode se tornar áspera, espessa, amarelada, inelástica (sem elasticidade), fosca e seca. Aparecem as pigmentações tipo sardas, os poros se dilatam e surgem as rugas. O fotoenvelhecimento surge nas áreas da pele expostas ao sol, devido ao efeito repetitivo da ação dos raios ultravioleta. Esta ação varia de indivíduo para indivíduo, pois depende do grau de pigmentação da pele, da predisposição individual e da frequência e duração da exposição solar no decorrer da vida. Geralmente na face surge a partir dos 40 anos. Há vários tratamentos para a melhora destas condições, desde simples cremes, a aplicação de produtos, peelings e mesmo cirurgia. A tendência observada é a aplicação de tratamentos combinados e assim o médico vai poder escolher o que melhor se adapta a cada situação. Entre estes tratamentos se encontra o Laser e a Luz Intensa Pulsada.

TECNOLOGIA NÃO ABLATIVA

Os modernos tratamentos com Laser e Luz Pulsada seguem uma nova tecnologia de luz chamada NÃO ABLATIVA. Assim são chamados porque pretendem melhorar a pele sem provocar alterações que obriguem ao afastamento do trabalho e das atividades cotidianas. O aparelho de Luz Intensa Pulsada usa uma tecnologia que emite luz, mas não é um laser. No entanto, assim como nos aparelhos de laser, esta luz gera calor na pele, que atinge vários tipos de alvo: a melanina (sardas), os vasos sanguíneos (micro varizes da face) e o colágeno (flacidez e rugas). Sendo assim, o tratamento inicia-se de forma superficial, para combater as lesões superficiais, como as sardas. Posteriormente, se aprofunda, para estimular a produção de um novo colágeno, dando aspecto de uma pele mais limpa, viçosa e tonificada, com grande melhora das rugas. A Luz Intensa Pulsada também atinge a superfície da pele e permite corrigir várias lesões da pele facial decorrentes do fotoenvelhecimento como: rugas finas, envelhecimento facial, vasos faciais muito finos, rosácea, manchas senis, danos solares, mudanças de textura da pele, manchas e pigmentações. É possível obter uma melhora do envelhecimento facial, diminuindo manchas e melhorando a superfície da pele. A LIP, como age sobre os pigmentos da pele escuros e vermelhos, elimina vasos e manchas e melhora o colágeno dérmico. O tratamento pode ser associado a outros procedimentos de estética médica com bons resultados. O tratamento tem uma ação positiva sobre todos estes problemas. A LIP sobre as manchas superficiais, vermelhidão e pequenos vasos. A aspereza da pele é conseqüência de alterações superficiais, que são bem atendidas pelo fotorrejuvenescimento com Luz Intensa. As rugas finas devem ser tratadas com técnicas de medicina estética, como o preenchimento, os peelings, a bioplastia, mas podem se beneficiar com o tratamento da Luz Intensa Pulsada. Como a LIP age sobre os pigmentos e a cor escura, as manchas causadas pelo fotoenvelhecimento são as melhores indicações do tratamento. Nem todos os tipos de lesões pigmentadas podem ser tratados com Luz Intensa, e algumas podem responder melhor do que outras. A principal indicação é para o tratamento das melanoses solares, as manchas causadas pela exposição solar. Essas são as que mais comumente acometem a maioria das pessoas, principalmente na face. Mas qualquer região do corpo, pode ser tratada utilizando-se a Luz Intensa Pulsada. A Rosácea é uma condição que cria uma vermelhidão na face e aparecimento de vasos que são identificáveis e outros pequenos vasos, que de tão pequenos só mostram uma coloração difusa vermelha pela face. A Luz Intensa Pulsada pode tratar com sucesso esta conseqüência, embora não possa agir sobre a causa do problema, que é crônico e deva continuar a ser cuidado.

LUZ INTENSA PULSADA OLHEIRAS

A hiperpigmentação suborbital, conhecida como olheira é um problema muito comum entre homens e mulheres. Existem uma combinação de fatores que levam as olheira; pode ser genético ou simplesmente estresse por uma rotina muito agitada e essa é uma das formas do corpo dizer que está cansado. Existem diversos tipos de tratamentos para olheiras, desde cremes a tratamentos mais diversificados. Um deles é a Luz Intensa Pulsada, que pode ser usada em vários tratamentos estéticos além das olheiras. Essa luz é um tratamento que emite pulsos de luz para dentro da pele. Ela é absorvida pelos pigmentos ou pelas manchas, tratando a hiperpigmentação de maneira bem localizada. O resultado é rápido e nada doloroso, pois se trata apenas de uma luz. O tratamento é simples e rápido. O aparelho se adequa ao tipo de pele dos pacientes, é utilizado um óculos de proteção, e só assim pode ser feito a aplicação. O procedimento não é invasivo e é utilizado para a melhoria da aparência da pele. É uma forma de fotorejuvenescimento que tema função de corrigir as imperfeições da pele. Nos dias que se seguem ocorre um leve escurecimento na área e depois começa a clarear, a partir do sétimo dia após o tratamento. As aplicações são feitas de forma seriada e para obter o resultado desejado deve ser feito em torno de 4 a 6 sessões para que a olheira seja clareada. Com o tempo os tratamentos foram ficando mais modernos e hoje a luz intensa pulsada é uma arma de combate das olheiras.

TRATAMENTO EFICAZ PARA ÁREAS ESCURAS AO REDOR DOS OLHOS

Pode atuar com grande eficácia nos pigmentos mais escuros das olheiras; Olheiras com aspecto fundo podem também ser tratadas através do Preenchimento com Ácido Hialurônico (Link para o procedimento), também realizado pelo Dermatologista Dr. Paulo José. Há pacientes que podem necessitar dos dois tratamentos, pois a luz pulsada trata a cor escura da pele, enquanto o preenchimento  eleva a parte funda “encovada” das pálpebras. A coloração das olheiras podem variar de pessoa para pessoa, mas normalmente o tratamento dura em média 20 minutos por sessão. A maioria dos pessoas tem que fazer pelo quatro a seis sessões para as melhorias, com intervalos de duas a seis semanas de uma sessão da outra. Uma vez alcançado o clareamento, ele pode durar por anos. A principal vantagem é o clareamento da área dos olhos, fazendo com que as olheiras sejam reduzidas e o aspecto de cansaço do rosto também. Além disso a recuperação é muito rápida, sem necessidade de repouso. Ainda tem dúvidas sobre Luz Pulsada no tratamento para olheiras? Entre em contato conosco!

Agência Digital em Florianópolis