Remoção de “sinais” e tumores de pele

Tratamento da unha encravada
Tratamento da unha encravada
05/12/2016
LOBULOPLASTIA ( CORREÇÃO DE LÓBULO DE ORELHA, RASGO)
Correção da orelha rasgada
05/12/2016
Show all

Remoção de “sinais” e tumores de pele

Remoção de “sinais” e tumores de pele

Remoção de “sinais” e tumores de pele

  • Os sinais são comuns principalmente em pessoas com a pele clara. A retirada do sinal só é necessária quando existe a possibilidade de malignidade, ou seja, que virem um câncer de pele ou quando já o são;

 

  • Pintas que crescem e mudam de cor, coçam, ardem ou doem são pintas candidatas à retirada cirúrgica;

 

  • A consulta frequente com o médico dermatologista é ideal para que sejam avaliadas as pintas e sinais e descartada a possibilidade que virem um câncer;

 

  • Dependendo do tamanho e da localização da pinta, a remoção pode ser realizada em consultório com anestesia local;

 

  • Após a remoção, o médico deve encaminhar a pinta para um patologista analisar e descartar a possibilidade de câncer.
Agência Digital em Florianópolis